quinta-feira, 18 de novembro de 2010

António Barreto: Fotografias

capa do livro

António Barreto (Porto, 1942), ex-ministro, sociólogo e fotógrafo com mais de 40 anos de exercicio.
Pela primeira vez expõe os seus trabalhos. "António Barreto:Fotografias, 1967/2010" mostra-nos 40 imagens dos mais de 10 mil negativos que o sociólogo produziu.
A exposição está patente na Galeria Corrente d`Arte (Av. Dom Carlos, 109 - Lisboa), até ao dia 30 de Dezembro.
Foi também publicado pela editora Relógio d`Àgua um livro com mais de 200 fotografias, que documentam momentos como o desembarque , em Lisboa, de soldados portugueses regressados da Guiné, ou a exploração social e a pobreza em países como a Bolívia, Brasil, Perú e Venezuela ou ainda de imagens de visitas que fez a França, Egipto, Alemanha. O Douro também nos é mostrado já que foi aqui que o fotógrafo "viveu a sua infância entre escarpas e vinhedos".
Diz Barreto: "Fico com a impressão de que passeei pelo mundo, cidades e campos, homens e mulheres, sempre distante. Parece que nunca pertenci. Que nunca fiz fotografias ´de dentro´ , que nunca me integrei. Em frente, atrás ou ao lado, mas sempre distante".
António Barreto é co-fundador e presidente da APPh - Associação Portuguesa de Photographia, criada em 2007.

1 comentário:

A Luz A Sombra disse...

Nunca me pareceu que António Barreto fosse tão bom fotógrafo, por vezes, devido às circunstâncias em que falamos em "políticos" parece-nos que não serão capazes de fazer mais que "isso".
Hoje tenho procurado conhecê-lo nesta vertente e estou a gostar de ver a sua sensibilidade.
Mais uma bela fotografia esta.