sexta-feira, 16 de julho de 2010

"Por uma vida melhor" de Gérald Bloncourt, em Braga

Família de imigrantes portugueses, Paris 1964
Gérald Bloncourt
.
Gérald Bloncourt, fotógrafo haitiano nascido em Bainet (1926) é apresentado como o homem (o melhor, digo eu) que retratou a miséria dos "filhos dos grandes descobridores", em França.
O seu trabalho publicado em "La vie ouvrière", "Témoignane Chrétien" e "O Emigrado português" tornou-se num documento histórico devido aos testemunhos que contribuiram para alertar a opinião pública.
Nessa época eram cerca de 400 mil os emigrantes portugueses, magrebinos, espanhóis, italianos e polacos que viviam em condições miseráveis em bairros de lata (bidonville) em Champigny-sur-Marne, Franc-Moisin e Sant-Dennis.
A sua exposição "Por uma vida melhor" - que já esteve em 2008, no Museu Berardo - pode ser vista no Museu da Imagem (Braga) até ao dia 12 de Setembro.

2 comentários:

jefhcardoso disse...

Um adorável post informativo.
Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.blogspot.com

atéaofimdomundo disse...

Fabulosa exposição... Estive lá... o gajo é fabuloso a fotografar um documento histórico com sentimento... Não deviam perder.